sexta-feira, 17 de junho de 2011



Timidez


Basta-me um pequeno gesto,
feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve...
- mas só esse eu não farei.
Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes...
- palavra que não direi.
Para que tu me adivinhes,
entre os ventos taciturnos,
apago meus pensamentos,
ponho vestidos noturnos,
- que amargamente inventei.
E, enquanto não me descobres,
os mundos vão navegando
nos ares certos do tempo,
até não se sabe quando...
e um dia me acabarei.


(Cecília Meireles)

16 comentários:

Beth/Lilás disse...

Eu amo Cecília Meireles, ninguém fala tão femininamente como ela em poesia.
bjs cariocas

Paulinha Barreto disse...

Que lindo, gostei muito.

Otimo final de semana.
beijos

.l disse...

podia ser a realidade de qualquer um, certo?

Andradarte disse...

Como gostei deste poema de Cecília....
Beijo

mfc disse...

E para evitar as palavras (verdadeiras) da Cecília, temos que continuar a procura e nunca desistir!

Pensador disse...

O complicado de agir como diz o poema é que muitas vezes a oportunidade perdida não mais retorna...
Beijos!

taio disse...

un placer leerte

Lindalva disse...

Olá amiga ... como estamos ai do outro lado da tela? vim oferecer os dois selos da postagem de ontem da Ilha e convidar a participar da campanha FAÇA A SEREIA SORRIR (isto é eu kkkkk) o selo da campanha está na gadget a direita abaixo de PARTICIPO. Ah! fechei o Ostra temporariamente para reformas mas logo reabro com o 5º Pena de Ouro, de já sinta-se convidada. beijos e não esqueça de votar na quarta feira kkkk

Alexandre Fernandes disse...

Um segredo pronto para ser descoberto. Uma atitude à espera para desvencilhar o sentir que rodeia a alma.

Que poema lindo Déia!

Beijos!

Flor de Maio disse...

Oi Déia,
Seu cantinho eé muito aconchegante!
Muito bom esse texto da Cecília, eu não o conhecia.
Bjs :)

*♡* Jane dos Anjos *☆* disse...

Que lindo Déia... li muito Cecilia Meireles na escola, minha professora de português sempre usava os textos dela... seu Blog é pura poesia... parabéns.
Venha conhecer minha família felina, está no meu Blog... http://artesdosanjos.blogspot.com/
Beijoooos =D

Fernanda disse...

Excelente escolha, Dea. Qualquer dia vou postar esse poema da C. Meirelles lá no blog, viu?

Bjs

*Violeta* disse...

Q Bello, Bss de color Violeta!

Álvaro Lins disse...

Excelente escolha:)!
Abraço

Angel disse...

Um poeta nunca acaba...
Como quem mais amamos só "acabam" depois de esquecidos por nós...

um anjo

Van disse...

Lindo poema da Cecília, Déia

Beijos!