domingo, 5 de junho de 2011



O Tempo

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. 
Quando se vê, já são seis horas! 
Quando de vê, já é sexta-feira! 
Quando se vê, já é natal... 
Quando se vê, já terminou o ano... 
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida. 
Quando se vê passaram 50 anos! 
Agora é tarde demais para ser reprovado... 
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. 
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas... 
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo... 
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo. 
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz. 
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.


(Mário Quintana)

22 comentários:

* Verinha * disse...

Mario Quintana diz tudo nesse texto.. com certeza o tempo não volta e quando menos esperamos já é tarde demais.. por isso a necessidade de sempre aproveitarmos cada segundinho que nos é dado e não deixarmos nada para uma próxima ocasião.. pois ela, nem sempre poderá acontecer.

Um beijo em seu coração Déia e um ótimo início de semana para você!

Verinha

Aline disse...

Deia!
Amo esse texto!
Que possamos viver cadasegundo da melhor forma.
Que possamos gozar dos sins, e administrar os nãos
Aline.
Beijo boa semana

Olho no olho disse...

O tempo é como um trem desgovernado que não apita na curva e não espera por ninguém. O tempo vivido mora na saudade e o não vivido se perde na vontade de viver o que não volta mais.

Calu disse...

O tempo;esse senhor caprichoso, guardador das horas, vigilante dos atos, nos mantém imersos em seu reino.
Só mesmo Quintana nos mostraria como usar poeticamente, a chave de abertura duma fresta temporal.
Avante.Não temos "tempo a perder."

Bom fim de noite p/ vc,Déia, e uma linda semana.
Bjinhos,
Calu

Ingrid disse...

acho que este texto dele muito reale pertinente para os dias de hoje onde ninguém tem tempo ..
beijos Déia e uma linda semana.

Paulinha Barreto disse...

Mário Quintana preenche os espaços das lacunas.. adorei o post beijos

Jão disse...

A vida é boa e curta, temos que viver da melhor maneira possível. Medos eu deixo guardados na gaveta.


Beijos querida!

Ira Buscacio disse...

Déia querida, uma aula do senhor que eu amo Mário Quintana. Perfeito!
Bj e boa semana

LEANDRO CHH disse...

Oi,Déia .
Estava passando por aqui e encontrei seu excelente blog. Diga-se de passagem algo raro de encontrar na rede atualmente. Estarei seguindo e acompanhando seu trabalho. Se desejar fica aqui meu convite para conhecer meu trabalho no Construindo História Hoje. http://www.construindohistoriahoje.blogspot.com
Abraços,

MARILENE disse...

Esse texto de Mario Quintana tem uma sabedoria ímpar. Precisamos lê-lo de vez em quando, pois serve de alerta.

Bjs.

Ana Paula disse...

Olá querida amiga deste mundo fantástico da Blogosfera e de quem tive o prazer de receber uma visitinha no meu modesto espaço BE HAPPY:-)!!!!!!

Acho que vou assinar por mais deste fantástico poema de Mário Quintana. O tempo voou e passei o melhor tempo da minha vida a ver pensar as horas, à espera do amanhã... sempre na esperança que as coisas mudassem, que dias melhores chegassem e para quê? Hoje sinto que não vivi, sinto que não soube aproveitar a felicidade, a saúde quando a tinha, etc. etc.
Há três anos criei o Blog Be Happy quando dei um rumo diferente à minha vida, e tenho tentado aproveitar o que ela tem de melhor e vivo intensamente cada segundo da minha vida:-)
Adorei o teu belíssimo espaço, não prometo que venha aqui todos os dias comentar, mas vou aparecendo:-)
Um grande beijinho,
Paula

Ana Paula disse...

Onde se lê "Acho que vou assinar por mais deste fantástico poema" deverá ler-se:
"Acho que vou assinar por BAIXO deste fantástico poema"

"A pressa é inimiga da perfeição" e não reli o que escrevi:-)
Desculpa.
Beijinhos

Rosa dos Ventos disse...

Belo poema de Mário Quintana mas eu não sei o que faria se me fosse dado outro tempo...

Abraço

Pedro Menuchelli disse...

Bem Déia, fico feliz por ter gostado do meu espaço e queria te dizer que o mesmo vale pra você. Gostei muito daqui e, por isso, estou a te seguir. É muito bom ver que você tem o dom da escrita por poemas, é algo que eu peco demais. Acho muito complicado, mas é bom ver que você tem essa facilidade.

O tempo não para. O tempo não se controla, apenas se define o momento e a hora certa de fazer determinada coisa. Gostei muito! Um grande beijo Deia!

Angel disse...

Sinal de Vida...

um anjo

Long Haired Lady disse...

o segredo da vida é vive-la intensamente, mas isso as vezes cansa…rs

mfc disse...

Que lindo!
E é verdade que nada, mesmo nada, voltará!
... infelizmente!

Nathália Bulgaro disse...

Olá, obrigado pela visita, ja estou te seguindo e concerteza irei te indicar a novos desafios ehehe
bjinhos e uma otima semana

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema lindo de Mário Quintana...por vezes por medo de sofrer deixamos de nos dar.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Anônimo disse...

Se eu tivesse mais tempo não sabeira o que fazer com ele, pois esse que já tenho, se e´que o tenho, parece duradouro, principalmente em dias assim...


Lindo poema!

Estava com saudades de ti minha amiga!
Um abraço amigo!

duendes disse...

Ola Déia ,
lindo texto....passamos pra desejar uma linda semana !!!!mil beijos.

tecas disse...

Olá linda Déia! Lindo pema de Quintana. Muita sabedoria em suas palavras...ou não fosse Mário Quintana.
Bjito amigo e uma flor.
http://coracaoentrepalavras.blogspot.com