sexta-feira, 3 de junho de 2011



Canção do Sonho Acabado

Já tive a rosa do amor
- rubra rosa, sem pudor.
Cobicei, cheirei, colhi.
Mas ela despetalou
E outra igual, nunca mais vi.
Já vivi mil aventuras,
Me embriaguei de alegria!
Mas os risos da ventura,
No limiar da loucura,
Se tornaram fantasia...
Já almejei felicidade,
Mãos dadas, fraternidade,
Um ideal sem fronteiras
- utopia! Voou ligeira,
Nas asas da liberdade.
Desejei viver. Demais!
Segurar a juventude,
Prender o tempo na mão,
Plantar o lírio da paz!
Mas nem mesmo isto eu pude:
Tentei, porém nada fiz...
Muito, da vida, eu já quis.
Já quis... mas não quero mais...
(Cecília Meireles)

17 comentários:

Whispers disse...

Obrigado pela passagem em meu castelo...prazer em a receber!

Seu blog tem poemas de famosos poetas...gente que deixou a marca na historia da poesia...voce tem bom gosto!
Beijos
Rachel

Will Lukazi disse...

ola déia!

belo texto. parabens pelo gosto literario.

Ah, tem um selinho pra vc la na pagina do BSW ''selos e premios''.


bj

Jorge disse...

Obrigado pelas visitas agradáveis ao Scorpio.
Bonito poema,gostei!
Todos devemos tentar a nossa chance; tentando nunca se perde a esperança.
Abrs
J

Sandrio cândido. disse...

Gostei muito
beijos

Everson Russo disse...

Simplesmente harmoniosa e delicada essa rosa do amor,,,um lindo final de semana pra ti amiga...beijos.

Ana Maria disse...

Olá Déia, já sou sua seguidora, obrigada pela visita e comentário no meu blog. Amo poesia, fiz uma visita no seu blog e adorei! Volto sempre. Beijinhos iluminados!

Ingrid disse...

lindo mesmo!
beijo e bom findi..

Aline disse...

Olá!
Bom dia
Temos muito em comum, por isso gostei daqui!
Tenso apelido de uma pessoa especial pra mim!primeiramente isso que me chamou a atenção,depois seu bom gosto na escrita e por aí vai...
Um beijo.
Estarei te seguindo!
Um beijo!
Bom fim de semana.
Aline
Bom fim de semana.

mfc disse...

A evocação do amor é sempre actual e linda!

Sus disse...

Lindo!

Vim retribuir a visita!
E reparei que tens a mesma frase na barra lateral de william Shakespeare. Extraordinária!

Beijos

Danielle Sueli disse...

Oi Déia, que poema lindo hein?
Realmente muito profundo.
Passei aqui para te desejar um ótimo fim de semana!
Que Deus te abençõe! Bjs

Danielle Sueli :)

Cores da Vida... disse...

Adoro viver, porque a vida nos oferece muito do que desfrutar, mas também nos proporciona o tempo, para que não nos importamos com o que não desfrutamos, por um outro motivo.

Beijos e bom domingo,

Pensador disse...

Obrigado pela visita ao meu blog!

Também gostei do seu, já está no meu reader.

Beijo!

Ricardo Miñana disse...

Precioso el poema, un grato placer pasar a leerte.
que tengas un feliz fin de semana.

Anônimo disse...

Lindo poema Déia!

. intemporal . disse...

.

.

. b___e___l___í___s___s___i___m___o .

.

.

Alexandre Fernandes disse...

Cecília desnuda sentimentos. São poemas completos de sabor e prazer. Tem a abundância de amor. Amor perdido, vivido, sentido. Amor que liberta, que retorna...

Bonito esse poema dela.

Beijos.

ps: obrigado pela visita no meu blog. Volte mais. Será um prazer te receber.