domingo, 20 de fevereiro de 2011

TRISTE


Triste... triste como passarinho sem asa...
Me sinto abafada, como se algo quisesse me tirar o ar. Aos poucos vai arrancando pedaços do meu coração e as lágrimas vertem pela minha face como se tentassem lavar a alma desta dor...esta dor que é sua, que é minha
.

4 comentários:

★★ GIZA ★★ disse...

OI FLOR
TAMBÉM JÁ TE SIGO Á UM TEMPO JÁ
OBRIGADO POR SEMPRE ACOMPANHAR O BLOG
BEIJOS

DÉIA disse...

Obrigada Giza...Continua visitando o meu ok que sempre que puder vou la no seu...Bjus Déia

Anônimo disse...

Esta dor que é nossa, porque todos nós somos assim. Pelo menos umas mil vezes na vida antes de partir.
São aqueles dias em que " a poeira fica pelos cantos".
Tem dias que perdemos nossas asas; que o coração parece ser maior que o nosso peito e as lágriams se transformam em enxurradas depois que a tempestade cai.
Essa dor é sua, é minha e é de ninguém.

DÉIA disse...

É verdade tudo isso que vc diz,amiga...Que! O nosso peito e as lágriams se transformam em enxurradas depois que a tempestade cai.
Essa dor é sua, é minha e é de ninguém...Bjus te gosto muito vc é d++++