terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

- Sobre tanta falta...

O tempo passa e com ele caminham as lembranças. 12 meses de algo que nasceu, cresceu, enfraqueceu, talvez tenha morrido, mas em mim.. Em mim permanece intacto como jamais antes esteve. A falta de sorrisos, brincadeiras, implicâncias, carinhas de timidez, lágrimas de quando se está longe.. Cheiro, toque, beijo, mordidinhas..Ah, como sinto falta desse coração todo pra mim.. Tentar seguir a vida é lei, tentar melhorar é lei, deixar de amar a gente pula. Obrigada pela pessoa melhor em que me tornei. Porque é como diz o ditado: Depois que a gente perde, dá valor. Exatamente assim. (:) Mas é que mesmo querendo ir, eu continuo aqui.. Não há como criticar quando se faz exatamente igual. 1 ano, um ano inteirinho.. É, jamais aconteceu igual.. Eu nunca amei assim. Obrigada pelo brilho da minha vida, que é inteirinho você.


2 comentários:

Marcela disse...

DÉIA VC MANDA MUITO BEM,PARABÉNS SEU BLOG ESTÁ LINDO D++++...HÁS VEZES EU CHORO MUITO QUANDO VENHO AQUI NESSE SE CANTINHO MARAVILHOSO...NÃO P/ DE ESCREVER NÃO EU AMO VIM AQUI LER UM POUCO DESSAS PALAVRAS MARAVILHOSA QUE ALGUMAS ACABA MEXENDO MUITO COM A AGENTE AMIGA...O tempo passa e com ele caminham as lembranças.Essa frase foi d+++...Um grande bju continua assim....

DÉIA disse...

Falou Marcela que bom que vc gostou seja bem vinda,não some não viu amei sua visita e obrigada por me seguir amiga...Bjus