sábado, 5 de fevereiro de 2011

Razão


Já usei a razão,
nas entrelinhas do engano,
já usei a lógica e
entrei pelo cano,
já usei técnicas infalíveis
que com o tempo desanimei,
já corri contra o tempo
e sem chegar ao final me cansei,
já escrevi poesias com regras,
mas não foram bem aceitas pelos leitores,
já achei que amei,
mas eram sentimentos de ilusão,
e um novo sonho implantarei,
darei chance a mim mesmo,
serei mais ousada e atrevida,
deixarei a felicidade me levar,
e seguirei outro caminho,
irei buscá-la a qualquer custo,
não viverei mais no susto,

Não acredito mais na razão,
pois por ela fui enganada,
escutarei mais meu coração,
e me deixarei por ele ser guiado.


3 comentários:

Anônimo disse...

Boa dia Déia! Que bom logo pela manhã encontrar no "cantinho" um lugar reservado pra mim...

Sabe,não consigo ser razão com a frequência que o mundo exirgi. Sou tão sentimento que eles floram em uma velocidade quase sobrenatural.
Amo simplismente. E amor pra mim é sempre o mesmo. Não sei distinguir. Por isso acho que sempre amo errado. Será?
A felicidade pra mim é tão simples.
Mas o mundo não concorda e por isso pareço distante.
Sempre busco o improvável.
Escute sim,mais o seu coração. Mesmo que digam que ele está equivocado. Só você pode decifrar o ritmo em que ele bate. E acredite minha amiga.
Ele bate pra você ser feliz!
Um abraço amigo!

Déia disse...

Obrigada amiga(a) as vezes agente se sente muito ameaçada, que acabamos tendo duvidas...Bjus amiga(o) me segue eu adoro ses comentários...

Anônimo disse...

Obrigado Déia, que bom que não ando falando nenhuma besteira. Rs. Seguir? Eu sou tão leigo nesse assunto. É minha primeira experiência em viajar em cantinhos mágicos...Alías, acho que já estou te seguindo não? Porque sei que mesmo que você não esteja aqui todos os dias, você vai deixar as portas abertas. E caso eu não apareça, meu lugar cativo já está reservado.
Que Deus te proteja sempre!!!! Um abraço amigo. Bjs